Publicado em 29 de Janeiro de 2020

7 princípios da Gestão da Qualidade de acordo com a ISO 9001:2015



Obter a certificação ISO 9001:2015, seguramente traz grandes benefícios para as empresas que desejam conseguir um modelo de negócios mais competitivo, destacar-se no mercado e melhorar seus resultados.

Para entender um pouco mais sobre os requisitos da norma, é necessário analisar a base de sua fundação, que são os 7 princípios da Gestão da Qualidade. São eles que devem nortear o seu sistema de gestão.

Confira a seguir quais são esses princípios e a importância de cada um deles no seu negócio desde já, seja para obter a certificação da ISO ou apenas para melhorar seus processos internos. 
  1. Foco no Cliente
O Sistema de Gestão da Qualidade precisa focar em aumentar a satisfação do cliente.
Cada tarefa, cada ação, cada suspiro da sua equipe tem de ser executada para trazer benefícios ao cliente. Isso tem que ficar muito claro para toda empresa em tudo o que ela fizer. Os colaboradores devem compreender a importância que possuem ao realizarem suas atividades, e como isso impacta na satisfação dos clientes. Esse hábito começa a se tornar real quando é conduzido pela liderança, o que nos leva ao próximo princípio.
 
  1. Liderança
A liderança é a principal responsável por difundir a Qualidade. É como uma reação em cadeia: líderes engajados engajam mais pessoas. Se a Qualidade é importante para a empresa, mas seus líderes nunca falam sobre ela, tem algo errado, não acha?
 
 
  1. Engajamento das pessoas
Se as pessoas souberem como a Qualidade influencia nos resultados, no trabalho do dia a dia e em todas as áreas da empresa, saberão também da importância que cada um tem para o Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ) e viverão Qualidade na execução dos seus processos. Todos são responsáveis pela Qualidade.
 
  1. Abordagem de Processos
Não dá pra ter qualidade sem padronização e para isso você precisar ter processos bem definidos.  Estabelecer os processos e como eles são executados é organizar o trabalho de forma que ele possa ser planejado, analisado, verificado e, dessa forma, melhorado. Uma vez que os processos estão definidos e sendo seguidos, você precisa avaliar se esse são realmente eficientes e se estão satisfazendo os seus clientes.
 
 
 
  1. Tomada de decisões baseada em evidências
Não dá pra tomar uma decisão com base no “achismo” ou porque a cartomante disse que seu processo está ruim. Somente analisando evidências e números você verá o que realmente está falhando no seu SGQ ou quais resultados estão abaixo do esperado.
 
É por este motivo que existe nos requisitos da ISO 9001:2015 um item focado em monitoramento, medição, análise e avaliação.
 
  1. Melhoria Contínua
 
As melhorias são essenciais para conseguirmos gerir pessoas e processos. Se você quer que o seu SGQcumpra o objetivo de satisfazer clientes, você precisa dormir e acordar pensando em melhorar.
 
O que é preciso analisar para melhorar? Para quem deve melhorar? Encontrar a resposta para essas perguntas, é muito mais fácil quando se tem os outros princípios realizados. Por isso, é necessário sempre verificar, analisar, planejar e melhorar. Melhoria não tem limites!
 
 
  1. Gestão de Relacionamentos
 
A opinião dos clientes reflete diretamente na rotina da organização. Uma reclamação, sugestão, dúvida ou elogio pode ser peça-chave para redirecionar a estratégia da empresa.
 
Uma gestão de relacionamento que classifica o atendimento em procedente e improcedente, e que cria não conformidades, planos de ação e de riscos com base na opinião dos clientes, passa a modelar seus processos de uma forma mais direcionado e assertiva.
 
 
Entendendo esses 7 princípios da Gestão da Qualidade, fica muito mais fácil implementar os requisitos da ISO 9001:2015 em seu Sistema de Gestão da Qualidade.
 
Precisa de ajuda? A KCG possui uma equipe especializada e com mais de 15 anos de experiência, pronta para oferecer todo o apoio técnico às empresas que buscam a certificação ISO.
Entre em contato conosco e saiba mais.
 
 



Comentários